Setor da aviação não recupera apesar dos meses de Verão

Setembro 02, 2021 03:27

Hoje começamos Setembro, após um Verão de lançamentos contínuos de vacinação na Europa e da melhoria gradual da mobilidade entre os países europeus. Este relaxamento das restrições às viagens tem provocado um crescimento do turismo e, com este, do número de voos. No entanto, o número de voos em operação permanece muito inferior aos níveis pré-pandémicos.

Apesar da reabertura, o setor aéreo não conseguiu voltar aos seus anteriores patamares. Isto deve-se em grande parte ao surto da variante Delta e da sua rápida disseminação - que está a causar danos ao setor de turismo devido à eficácia reduzida das vacinas atuais contra a mesma.

De momento, embora ainda existam obstáculos, as perspetivas futuras deste setor são bastante positivas, visto que a evolução da pandemia continua em melhoria, resultando em melhorias para estas empresas também, que aos poucos aumentam o seu número de voos.

Abaixo está o gráfico semanal da popular companhia aérea norueguesa "Norwegian Air Shuttle". Por vários anos, manteve uma forte tendência de queda, caindo mais de 97% no ano passado devido à pandemia e aos problemas derivados da compra de uma série de aeronaves em 2012, à Airbus.

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals - Gráfico Semanal da Norwegian Air Shuttle. Intervalo de dados: 13 de Abril de 2008 a 1 de Setembro de 2021. Data de elaboração: 1 de Setembro de 2021. O desempenho anterior não é um indicador confiável de resultados futuros.

Evolução do preço ao longo dos últimos 5 anos:

  • 2020: -97,70%
  • 2019: -62,16%
  • 2018: -1,12%
  • 2017: -38,68%
  • 2016: -11,34%

Este declínio significou que a empresa teve de realizar uma reestruturação profunda, recebendo também o auxílio muito necessário do Estado norueguês, que lhe proporcionou algum alívio financeiro.

Ontem, a empresa informou que durante a primeira metade do ano obteve um lucro líquido de 155 milhões de euros, apesar de as suas principais rotas europeias permanecerem afetadas pela pandemia. Apesar disso, a expectativa da empresa é de que durante o segundo semestre do ano a retomada das viagens continue, e que sua frota atual esteja totalmente operacional até ao final do ano.

No entanto, durante a sessão de hoje, soubemos que a companhia aérea sueca, "Scandinavian Airlines Systems (SAS)", relatou um prejuízo líquido de 573 milhões de euros nos primeiros 9 meses do seu ano fiscal (que se inicia em Novembro).

Além disso, na segunda-feira, a União Europeia concordou em impor novamente as restrições aos voos transatlânticos para os Estados Unidos devido ao aumento das infecções por coronavírus. Esta decisão causou quedas generalizadas no setor, cujo principal afetado foi o conglomerado hispano-britânico IAG, que inclui a Iberia e a British Airways.

Como no caso da empresa norueguesa, se olharmos ao seu gráfico semanal, o IAG sofreu uma queda acentuada devido à pandemia. No entanto, depois de estipular mínimos históricos no final do ano passado, o preço das ações do IAG tem subido gradualmente, confirmando a divergência positiva no seu indicador MACD. Infelizmente, o Verão não foi positivo. Desde Junho, o IAG caiu 21,5% na bolsa.

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals - Gráfico semanal IAG. Intervalo de dados: 11 de Janeiro de 2015 a 1 de Setembro de 2021. Data de elaboração: 1 de Setembro de 2021. O desempenho anterior não é um indicador confiável de resultados futuros.

Se olharmos para o seu gráfico diário, confirmamos como esta empresa perdeu o importante nível de suporte / resistência representado pela linha verde, continuando assim a tendência de queda iniciada desde os máximos anuais.

É importante que o preço mantenha o seu nível de suporte atual, a 155 GBP, pois a perda deste nível poderá abrir as portas a uma posterior correção até junto do próximo nível de suporte(faixa vermelha).

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals - Gráfico diário IAG. Intervalo de dados: 20 de Abril de 2020 a 1 de Setembro de 2021. Data de elaboração: 1 de Setembro de 2021. O desempenho anterior não é um indicador confiável de resultados futuros.

Evolução do preço ao longo dos últimos 5 anos:

  • 2020: -61,40%
  • 2019: 1,20%
  • 2018: -5,07%
  • 2017: 47,65%
  • 2016: -27,78%

Se deseja começar a negociar em Forex ou qualquer um dos mais de 8000 instrumentos financeiros que a Admirals coloca à sua disposição, clique no banner abaixo para dar início à sua jornada enquanto trader, acompanhado de uma equipa disponível para si 24/7, totalmente em português. Para abrir uma conta real clique no banner abaixo:

Sobre a Admiral Markets

Este material não contém e não deverá ser interpretado como aconselhamento financeiro, recomendação, oferta ou solicitação para quaisquer transações de instrumentos financeiros. Por favor, note que esta análise de negociações não é um indicador confiável de desempenho presente ou futuro, uma vez que as circunstâncias podem mudar ao longo do tempo. Antes de tomar decisões de investimentos, deverá procurar aconselhamento através de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

Avatar-Admirals
Admiral Markets Uma solução completa para gastar, investir e gerir o seu dinheiro

Mais do que uma corretora, a Admirals é um centro financeiro que oferece uma ampla gama de produtos e serviços financeiros. Permitimos que consiga abordar as finanças pessoais através de uma solução completa para investir, gastar e gerir dinheiro.