Inflação do IPC do Reino Unido atinge mínimos de dois anos

Novembro 15, 2023 22:36

A inflação medida pelo IPC do Reino Unido caiu para 4,6% em Outubro, o nível mais baixo registado nos últimos dois anos. A queda do valor excedeu as expectativas dos analistas, com alguns economistas a referirem que foi a maior queda desde 1992. Apesar da inflação ter caído, os números do Reino Unido permanecem elevados quando comparados com os EUA e a zona euro. A libra esterlina perdeu algum terreno face ao dólar americano, uma vez que os analistas de mercado sugerem que o Banco de Inglaterra (BoE) poderia reavaliar os seus planos de política monetária.

Inflação do IPC dos EUA abaixo do esperado em outubro

Os números da inflação nos EUA foram uma ligeira surpresa, uma vez que tanto o IPC global como o núcleo ficaram ligeiramente abaixo do esperado, em 3,2% e 4,0%, respectivamente. Comentando os dados do IPC, os economistas do ING escreveram que “a Reserva Federal deve estar bastante satisfeita com isto e, sem surpresa, reforçou as expectativas do mercado de que a taxa de política atingiu o pico. Apenas 1,5 pb de aperto está agora precificado na reunião do FOMC de janeiro de 2024, com mais de 90 pb de cortes de taxas agora previstos para o final do próximo ano.”

Relatório de vendas no retalho dos EUA em outubro

Ainda hoje, o US Census Bureau divulgará dados relativos às vendas no retalho durante o mês de outubro. Os economistas prevêem uma queda mensal de 0,3%, enquanto as vendas no retalho, excluindo as vendas de automóveis, podem ficar estáveis. O conselho da Fed tem em consideração esses relatórios ao ajustar a sua política monetária, pois mostram como os consumidores reagem ao aumento das taxas de juro, etc.

Comentando sobre os preços ao consumidor, os economistas do Commerzbank disseram que “os preços ao consumidor nos EUA surpreendentemente permaneceram inalterados em Outubro em comparação com o mês anterior. A taxa homóloga caiu de 3,7% para 3,2%”, acrescentando que é pouco provável que a Fed prossiga com mais uma subida das taxas de juro.

Vendas no retalho do Reino Unido provavelmente cairão em outubro?

Na sexta-feira, será a vez do Instituto Nacional de Estatística (ONS) divulgar os dados das vendas no retalho do mês de outubro. Os analistas de mercado esperam que o relatório mostre uma queda significativa de 1,5% numa base anual, retomando a dinâmica negativa, enquanto numa base mensal, prevêem um aumento de 0,3%.

O BRC-KPMG Retail Sales Monitor (RSM), uma medida mensal do desempenho das vendas no retalho do Reino Unido, disse que durante o período de agosto a outubro, as vendas totais no retalho do Reino Unido aumentaram 2,5%, abaixo do crescimento médio de 3 meses de 3,1% e do Crescimento médio em 12 meses de 4,2%. Os analistas do BRC sugeriram que “muitas famílias também estão a adiar os seus gastos de Natal na esperança de conseguirem uma oportunidade barata nas próximas vendas da Black Friday”.

Surpresa positiva nas vendas a retalho na China

Boas notícias sobre a condição da economia chinesa vieram do escritório de estatísticas do país, uma vez que um relatório mostrou que as vendas no retalho aumentaram 7,6% no mês passado numa base anual, acima do crescimento de 7% previsto por uma pesquisa da Reuters. A produção industrial aumentou 4,6% em termos anuais em Outubro, enquanto os analistas de mercado esperavam um aumento de 4,4%.

No entanto, os investimentos no sector imobiliário caíram 9,3%, mais 0,2% do que o previsto, o que levou o responsável do serviço de estatística a referir que o sector se encontra num “período de transição de ajustamento”.

Tem interesse em operar com base em notícias macroeconómicas? Saiba como esta abordagem funciona com os nossos webinars gratuitos. Conheça e interaja com traders especializados. Assista e aprenda com as sessões de trading em direto.

Webinars grátis sobre trading

Acompanhe os webinars em direto feitos pelos nossos especialistas em trading

Este material não contém e não deve ser interpretado como conselhos de investimento, recomendações de investimento, oferta ou solicitação de quaisquer transações em instrumentos financeiros. Observe que esta análise de trading não é um indicador confiável para qualquer desempenho atual ou futuro, pois as circunstâncias podem mudar com o tempo. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, deve procurar aconselhamento de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

Miltos Skemperis
Miltos Skemperis Redator de conteúdo financeiro

Miltos Skemperis tem formação em jornalismo e gestão empresarial. Trabalhou como repórter em vários canais de notícias de televisão e jornais, e tem 7 anos de experiência na redação de conteúdo financeiro.