Análise Semanal de Mercado: Simpósio de Jackson Hole

Agosto 24, 2021 03:33

Esta semana será seguramente marcada pela celebração do antecipado simpósio de Jackson Hole, uma vez que é esperado que esta reunião venha lançar clareza sobre a possibilidade da remoção dos estímulos por parte da Reserva Federal, devido a um acentuado crescimento da inflação nos EUA e à recuperação económica gerada pelas políticas expansionistas, que visam a superar a a crise gerada pelo vírus Covid-19. É esperado que Jerome Powell se dirija aos presentes na próxima sexta-feira, 27 de Agosto, pelo que teremos de nos manter bastante atentos ao seu discurso, na busca por indicações que nos esclareçam acerca do início das reduções

Para já, a semana teve início com a publicação dos dados preliminares de PMI para os setores de serviços e manufatura em França, Alemanha, Reino Unido e para a zona euro como um todo, com uma tendência negativa geral à exceção dos números de PMI para o setor de serviços alemão, que têm sido os únicos a superar as expetativas de mercado.

Especificamente, as figuras PMI preliminares alemãs para o setor de manufatura, estipularam-se a 62,7 pontos, e o setor de serviços a 61,5 pontos. O consenso de mercado perspetivava que estes atingissem 65 e 61 pontos, respetivamente. 

Por aquilo que lhe toca, as figuras PMI preliminares francesas ficaram-se pelos 57,3 pontos, mantendo-se dentro das perspetivas em consenso de mercado, enquanto os números do setor de serviços se manteve 0,6 pontos abaixo das expetativas de 56,4 pontos. 

Se observarmos a zona euro como um todo, todos estes números são considerados como negativos, uma vez que ficaram não só abaixo das figuras do mês anterior como abaixo das expetativas de mercado, sendo que os números preliminares de PMI para os setores de serviços e manufatura se ficaram pelos 59,7 e 61,5 pontos, respetivamente. 

São também esperados dados preliminares para os EUA, esta tarde. Entre outros números que serão conhecidos durante a semana, podemos destacar os dados de GDP alemães para o segundo trimestre, e os dados de Ifo confidence para a confiança de consumidores e empresas, publicados na terça-feira, quarta-feira e quinta-feira, respetivamente. Poderá consultar alguns dados relevantes para esta semana abaixo. 

Fonte: Calendário macroeconómico MetaTrader5

 

Radar do Trader: Será o Brent capaz de se manter no intervalo?

Ao longo das últimas semanas temos observado que, após a estipulação de máximos anuais a 6 de Julho, a cerca de 78,44 dólares por barril, o preço do barril Brent está a experienciar um declínio acentuado devido ao receio crescente causado pela variante Delta do vírus corona e à sua rápida expansão, o que poderá causar um lento crescimento económico e, consequentemente, de consumo de petróleo. 

Além disso, tal como discutimos em análises anteriores, a OPEC e seus afiliados chegaram a um acordo no início de Julho, que aumentará progressivamente a produção até cerca de 400 mil barris por dia, chegando aos 2 milhões de barris/dia em Dezembro. O aumento da oferta e possível redução na procura poderá colocar ainda maior pressão no preço do barril de petróleo. 

Se observarmos o seu gráfico diário podemos constatar que o barril de Brent se encontra neste momento numa área próxima dos seus níveis de suporte, representado pela sua média móvel a 200 sessões(a vermelho) e a faixa inferior do canal em que entrou em Abril de 2020. A perda deste importante nível de suporte poderia abrir a porta a uma posterior correção, cujo destino do preço será a quebra deste canal. 

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals. Gráfico diário Brent. Intervalo de dados: 27 de Dezembro de 2018 a 23 de Agosto de 2021. Gráfico elaborado a 23 de Agosto, às 09:05 GMT. Tenha em atenção que retornos passados não são garantia de retornos futuros. 

 

Evolução do preço ao longo dos últimos 5 anos:

  • 2020: -21.52%
  • 2019: 22.68%
  • 2018: -19.55%
  • 2017: 17.69%
  • 2016: 52.41%

Notícias Corporativas e de Índices de Ações

Na análise de quarta-feira passada, comentámos como as ações Tesla foram afetadas, após a National Highway Traffic Safety Admnistration dos EUA ter anunciado que iria abrir uma investigação formal ao sistema de auto-piloto da empresa, motivando uma queda no preço do título. 

A somar a esta notícia, a revelação de que o famoso investidor, Michael Burry, acresceu à sua posição de short através de opções PUT para a Tesla, fazendo crescer as dúvidas sobre a empresa. 

Mas, após estas notícias pessimistas a Tesla celebrou o seu à muito aguardado "dia da inteligência artificial", onde Elon Musk anunciou que a empresa não está somente a investir no desenvolvimento dos seus produtos, mas também no desenvolvimento de um robot humanóide conhecido por "Tesla Bot", que poderá responsabilizar-se por tarefas de rotina e realizar ações de maior risco também. Esta poderá ser uma revolução de peso para o futuro. Este robot poderá atingir os 172 cm e um peso de 54 kgs, sendo capaz de levantar pesos de até 68 kgs. 

Este comunicado poderá atrair a atenção de investidores uma vez que, para este ano, a empresa liderada por Elon Musk está 3,6% abaixo, embora este valor cresça para os 19,65% se o compararmos com os máximos anuais estipulados a 25 de Janeiro. 

Se observarmos o seu gráfico diário, podemos constatar que o preço está neste momento a lutar por manter o seu importante patamar de suporte, representado pela faixa inferior do canal de uptrend a curto prazo, após se ter descolado da linha de downtrend a médio prazo. A queda abaixo deste canal poderia abrir a porta a uma correção posterior, até junto do próximo nível de suporte, junto da zona coincidente com a média móvel a 200 sessões e a faixa a vermelho dos mínimos anteriores. 

Pelo contrário, enquanto não observarmos uma ascensão consolidada acima dos 700$ e da linha de downtrend referida acima, não poderemos aguardar por uma nova movimentação ascendente. 

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals. Gráfico diário Tesla. Intervalo de dados: 1 de Abril de 2020 a 23 de Agosto de 2021. Gráfico elaborado a 23 de Agosto, às 09:25 GMT. Tenha em atenção que retornos passados não são garantia de retornos futuros. 

 

Evolução do preço ao longo dos últimos 5 anos:

  • 2020: 743.40%
  • 2019: 25.71%
  • 2018: 6.89%
  • 2017: 45.69%
  • 2016: -10.96%

Se deseja começar a negociar em Forex ou qualquer um dos mais de 8000 instrumentos financeiros que a Admirals coloca à sua disposição, clique no banner abaixo para dar início à sua jornada enquanto trader, acompanhado de uma equipa disponível para si 24/7, totalmente em português. Para abrir uma conta real clique no banner abaixo:

Sobre a Admiral Markets

Este material não contém e não deverá ser interpretado como aconselhamento financeiro, recomendação, oferta ou solicitação para quaisquer transações de instrumentos financeiros. Por favor, note que esta análise de negociações não é um indicador confiável de desempenho presente ou futuro, uma vez que as circunstâncias podem mudar ao longo do tempo. Antes de tomar decisões de investimentos, deverá procurar aconselhamento através de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

Avatar-Admirals
Admiral Markets Uma solução completa para gastar, investir e gerir o seu dinheiro

Mais do que uma corretora, a Admirals é um centro financeiro que oferece uma ampla gama de produtos e serviços financeiros. Permitimos que consiga abordar as finanças pessoais através de uma solução completa para investir, gastar e gerir dinheiro.