Decisão de taxa do Banco do Canadá e PIB no Japão em destaque

Setembro 07, 2023 01:28

A decisão sobre a taxa de juro do Banco do Canadá (BoC), bem como o relatório do PIB do Japão para o segundo trimestre do ano estarão entre os mais importantes comunicados de dados financeiros para o resto desta semana.

Fontes da comunicação social da Arábia Saudita relataram que as autoridades do Reino decidiram prorrogar o corte voluntário de 1 milhão de barris por dia até o final do ano. O Brent saltou acima de $90 dólares por barril com as notícias pela primeira vez desde novembro de 2022.

Nos EUA, a Presidente da Fed de Cleveland, Loretta Mester, disse aos repórteres do Börsen-Zeitung que “podemos ter de subir um pouco mais, que podemos ter de aumentar um pouco mais a taxa de juro”. O membro do conselho da Reserva Federal mencionou que ainda há tempo para avaliar a situação até a próxima reunião. Mester acrescentou ainda que “se acabarmos por aumentar demasiado as taxas de juro e a economia perder impulso mais do que o necessário, podemos baixar as taxas de juro”.

Decisão da taxa de juro do BoC

Espera-se que o conselho do BoC anuncie a sua decisão sobre a taxa de juro na tarde de quarta-feira. Analistas de mercado sugerem que o banco central do Canadá provavelmente deixará as taxas de juro inalteradas após a reunião do conselho. Os dados financeiros provenientes do Canadá sugerem que a economia local começou a desacelerar após 10 aumentos nas taxas num período de 16 meses.

Economistas do ING escreveram num relatório que “a economia do Canadá contraiu-se surpreendentemente no segundo trimestre, com os gastos dos consumidores a abrandar acentuadamente e o investimento residencial a entrar em colapso. Juntamente com o arrefecimento do mercado de trabalho, isto deverá aliviar os receios inflacionários do Banco do Canadá e levar a uma decisão de não alteração a 6 de setembro.”

China e Zona Euro enfrentam desaceleração económica?

Noutras notícias, os analistas da Goldman Sachs temem que a China possa estar a enfrentar uma “desaceleração mais persistente”, comparando-a com aquela que afectou a economia japonesa nos últimos anos. De acordo com o seu relatório, “a China enfrenta desafios de curto e longo prazo decorrentes do seu mercado imobiliário e das perspectivas demográficas. Embora uma “paragem repentina” continue improvável, vemos riscos de uma desaceleração mais persistente, ao estilo do Japão.”

O abrandamento parece ser uma palavra-chave não só para a China, mas também para a Zona Euro, já que o membro do conselho do BCE, François Villeroy de Galhau, afirmou que “há abrandamento, mas não recessão. Temos de reduzir a inflação para o nível de 2% entre agora e 2025. Na nossa luta contra a inflação, a manutenção das taxas durante um período suficientemente longo conta agora mais do que novos aumentos significativos.”

Relatório do PIB do Japão no segundo trimestre de 2023

Na quinta-feira à noite, o governo japonês publicará dados sobre o crescimento da economia no segundo trimestre de 2023. Os economistas sugerem que o crescimento do PIB japonês deverá ser de 1,3% numa base trimestral e de 5,5% numa base anual.

Dados preliminares divulgados há três semanas mostraram que a terceira maior economia do mundo viu o seu PIB crescer 6% anualmente no período. Os economistas notaram que o iene japonês fraco impulsionou as exportações, enquanto a queda dos preços das matérias-primas também desempenhou um papel na expansão significativa da economia.

Tem interesse em operar com base em notícias macroeconómicas? Saiba como esta abordagem funciona com os nossos webinars gratuitos. Conheça e interaja com traders especializados. Assista e aprenda com as sessões de trading em direto.

Webinars grátis sobre trading

Acompanhe os webinars em direto feitos pelos nossos especialistas em trading

Este material não contém e não deve ser interpretado como conselhos de investimento, recomendações de investimento, oferta ou solicitação de quaisquer transações em instrumentos financeiros. Observe que esta análise de trading não é um indicador confiável para qualquer desempenho atual ou futuro, pois as circunstâncias podem mudar com o tempo. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, deve procurar aconselhamento de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

Miltos Skemperis
Miltos Skemperis Redator de conteúdo financeiro

Miltos Skemperis tem formação em jornalismo e gestão empresarial. Trabalhou como repórter em vários canais de notícias de televisão e jornais, e tem 7 anos de experiência na redação de conteúdo financeiro.