Mercados acompanham de perto tensão no Médio Oriente

Outubro 10, 2023 22:50

Os preços do petróleo diminuíram na manhã de terça-feira, enquanto analistas de mercado e investidores tentavam avaliar o impacto potencial do conflito no Médio Oriente no fornecimento de energia. Os mercados de ações na Ásia subiram, apesar das pressões registadas ontem.

Na segunda-feira, a turbulência no Médio Oriente impulsionou os preços do petróleo nos mercados globais, com a popular matéria-prima a recuperar o terreno perdido durante a semana anterior. O petróleo Brent foi negociado 4% mais alto, até $89 dólares por barril, enquanto os investidores lutavam para adicionar mais ativos chamados de “porto seguro” às suas carteiras.

Alguns analistas de mercado já sugerem que a Reserva Federal dos EUA (Fed) poderia reavaliar quaisquer considerações potenciais de aumento das taxas para evitar uma recessão ou mesmo antecipar cortes nas taxas durante 2024. De acordo com a ferramenta CME FedWatch, a probabilidade de o Fed manter as taxas inalteradas na reunião do conselho de novembro subiu para 89%.

Relatório de inflação do IPC da Alemanha

Na manhã de quarta-feira, o Destatis publicará o relatório de inflação do IPC de setembro. Os economistas esperam que a inflação global tenha permanecido inalterada em 4,5% e 0,3% numa base anualizada e mensal, respetivamente. A última vez que se registou uma taxa de inflação mais baixa foi em Fevereiro de 2022, pouco antes do início da guerra na Ucrânia.

As notícias vindas do mercado alemão, no entanto, não são particularmente positivas. Os analistas do ING observaram que o indicador empresarial mais popular do país, o índice Ifo, caiu pelo quinto mês consecutivo, registando a leitura mais baixa desde 2018.

O índice de gestores de compras (PMI) da indústria da Alemanha foi de 39,1 em agosto, a segunda leitura mais baixa desde maio de 2020, enquanto a queda nas encomendas à fábrica em mais de 4% superou as expectativas dos economistas.

OPEP aumenta previsão de produção de petróleo a longo prazo

No seu Panorama Mundial do Petróleo para 2023, a OPEP disse que espera que a procura global atinja 116 milhões de barris por dia até 2045, o que seria 6 milhões de barris a mais do que o previsto no ano passado. O relatório da OPEP afirma que os fundos de investimento para cobrir o aumento da produção poderão chegar perto dos 14 mil milhões de dólares.

O Secretário-Geral da OPEP, Haitham al-Ghais, observou: “Desenvolvimentos recentes levaram a equipa da OPEP a reavaliar o que cada energia pode oferecer, com foco em opções e soluções pragmáticas e realistas. Os apelos à suspensão dos investimentos em novos projectos petrolíferos são equivocados e podem levar ao caos energético e económico. A história está repleta de numerosos exemplos de turbulência que deveriam servir de alerta para o que ocorre quando os decisores políticos não reconhecem as complexidades interligadas da energia.”

Vice-presidente do BCE, De Guindos, pede cautela

O vice-presidente do BCE, Luis De Guindos, disse na segunda-feira que os participantes do mercado deveriam ser cautelosos devido ao aumento dos preços ao consumidor. De Guindos observou que o ambiente macroeconómico está sujeito a uma “enorme incerteza”.

No entanto, De Guindos expressou a sua convicção de que a inflação está numa trajetória descendente, apesar dos elevados preços do petróleo, da depreciação do euro face ao dólar americano e do aumento dos custos laborais.

Tem interesse em operar com base em notícias macroeconómicas? Saiba como esta abordagem funciona com os nossos webinars gratuitos. Conheça e interaja com traders especializados. Assista e aprenda com as sessões de trading em direto.

Webinars grátis sobre trading

Acompanhe os webinars em direto feitos pelos nossos especialistas em trading

Este material não contém e não deve ser interpretado como conselhos de investimento, recomendações de investimento, oferta ou solicitação de quaisquer transações em instrumentos financeiros. Observe que esta análise de trading não é um indicador confiável para qualquer desempenho atual ou futuro, pois as circunstâncias podem mudar com o tempo. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, deve procurar aconselhamento de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

Miltos Skemperis
Miltos Skemperis Redator de conteúdo financeiro

Miltos Skemperis tem formação em jornalismo e gestão empresarial. Trabalhou como repórter em vários canais de notícias de televisão e jornais, e tem 7 anos de experiência na redação de conteúdo financeiro.