O que é Liquidez no Mercado Financeiro?

Carolina Caro Mora
9 Min leitura

Certamente já deve ter encontrado inúmeras notícias financeiras sobre a liquidez de mercado, mas será que realmente sabe o que significa liquidez de mercado ou o que são mercados líquidos?

O que significa Liquidez de Mercado?

Quando falamos de liquidez em qualquer área financeira, estamos a referirmo-nos à facilidade e à rapidez com que podemos comprar ou vender um ativo financeiro específico a um preço mais ou menos estável. Se falarmos sobre o nosso dia a dia, uma pessoa ou empresa será considerada líquida se tiver capacidade para cumprir as suas obrigações financeiras mais imediatas.

↳ A capacidade de pagamento a longo prazo é chamada de solvência.

Se falarmos sobre a liquidez de mercado, isto irá depender em grande parte do número de compradores e vendedores que estão presentes nele.

▶ Logicamente, quanto mais participantes houver, mais fácil será "colocar" o nosso ativo. E quanto mais líquido é um ativo, mais rápido podemos vendê-lo.

Dito isto, podemos afirmar que o dinheiro é o ativo mais líquido porque podemos trocá-lo a qualquer momento por qualquer produto ou serviço. No entanto, uma casa ou um carro são poucos líquidos porque não são fáceis de trocar, exigem tempo, cálculos de preços e, quase sempre, intermediários.

Liquidez de Mercado - Qual a importância da liquidez no trading?

Quando decidimos entrar no mundo do trading, é muito importante para o nosso capital levar em consideração a liquidez de mercado em que queremos operar. Porquê?

➨ Primeiro, porque quanto mais líquido é o mercado, menos riscos iremos assumir, pois haverá sempre alguém disposto a comprar ou vender.

➨ Em segundo lugar, quanto mais líquido o mercado, mais participantes este irá atrair, o que acaba sempre por facilitar a abertura de diferentes operações, dependendo dos nossos interesses.

Além disso, no trading a liquidez pode afetar diretamente o spread que pagamos à corretora por operar um determinado instrumento. Um mercado líquido significa que possui muitos negócios diários e é composto por muitos traders ativos. Isto fará com que a diferença entre o preço de compra (ask) e venda (bid) para um determinado ativo financeiro diminua e, dessa forma, o spread será reduzido.

Vamos analisar um exemplo prático de como uma maior liquidez facilita o trading, ao envolver menos custos.

↳ Se operarmos o par de moedas mais líquido, o EUR / USD, o spread típico da Admirals é de 0,6 pips, sem comissões adicionais.

↳ No entanto, se operarmos com um ativo menos líquido, como as ações, o custo será um pouco maior. No índice IBEX35, a Telefónica é um dos títulos mais líquidos: com a Admirals, pode investir nas suas ações pagando uma comissão de apenas 2 euros e com um spread típico de 2 pips.

Quando optamos por operar num mercado considerado muito líquido, também devemos ter em consideração o horário de trading. O motivo é que não haverá o mesmo número de participantes numa hora do que noutra.

↳ Por exemplo, o mercado monetário ou Forex é considerado um dos mais líquidos, no entanto, se operarmos com o par de EUR / GBP, este não será tão líquido durante o horário europeu quanto no horário asiático ou durante os períodos de férias.

Além disso, quando os vendedores superam os compradores ou vice-versa, isso pode complicar a operação e talvez não consigamos fechar a nossa posição com sucesso.

Uma das razões pelas quais a última crise financeira eclodiu em 2008 foi a falta de liquidez das chamadas hipotecas de alto risco ou subprime. Embora o contexto atual seja muito diferente, no início de 2020, a Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (ESMA, sigla em inglês) alertou para o risco de liquidez nos setores imobiliários e de fundos de fundos. "Muitos dos fundos do setor imobiliário oferecem liquidez diária, indicando um risco de vulnerabilidade estrutural, pois investem em ativos ilíquidos, mas permitem que os investidores troquem as suas ações num curto período de tempo".

Negoceie com uma Conta Demo sem risco

Pratique trading com fundos virtuais

Que mercados são os mais líquidos?

Como explicado acima, o dinheiro é o ativo mais líquido de todos, porque podemos trocá-lo por praticamente qualquer outro ativo a qualquer momento que desejarmos. Por isso, quando falamos de mercados líquidos, queremos dizer com que rapidez podemos converter ativos em dinheiro.

Vamos ver de seguida quais os mercados que são considerados os mais líquidos:

Forex

Antes de falar sobre a liquidez Forex, vamos ver exatamente no que é que este mercado consiste.

Forex é o mercado onde as moedas são negociadas. Segundo o Bank for International Settlements (BIS), este mercado movimenta 6,6 triliões de dólares por dia (dados de 2019), um número que já nos pode dar uma ideia da sua liquidez.

▶ Qualquer pessoa já fez parte deste mercado, apenas ao trocar uma moeda por outra ao preparar uma viagem ao estrangeiro, por exemplo.

Além disso, devemos ter em conta que este mercado está aberto 24 horas por dia, cinco dias por semana: abre aos domingos às 22h no horário português e fecha às sextas-feiras às 22h.

As moedas são negociadas em pares, por exemplo EUR / USD mede o valor do euro em relação ao dólar. Quando o valor do par aumenta, significa que o valor do euro aumenta em relação ao dólar. Se o seu valor cair, significa que o dólar se está a fortalecer em relação ao euro.

Os pares de divisas são divididos em três categorias, de acordo com a sua frequência e volume de negociação e, por isso, da sua liquidez:

Maiores

Estes são os pares compostos por USD, EUR, JPY, GBP, CHF, CAD, AUD, NZD

Menores

Estes são os pares que não incluem o USD, mas incluem pelo menos uma destas três principais moedas: GBP, EUR e JPY

Exóticos

Qualquer par que não esteja entre as moedas anteriores, por exemplo, o MAD (Dirham Marroquino) ou o QAR (Qatari Rial)

Como é lógico, os pares formados pelas principais moedas são os mais líquidos porque são os mais negociados.

Poderá observar todos os pares de moedas e verificar as suas condições de liquidez através de uma plataforma de trading. Descarregue o MetaTrader 5 gratuitamente!

A principal plataforma multi-ativos do mundo


Matérias-primas, ou Commodities

Num primeiro impulso, poderíamos pensar que as matérias-primas são um mercado líquido fraco, uma vez que a entrega física pode atrasar a troca de dinheiro. Entretanto, nos dias de hoje, as chamadas commodities são negociadas através de produtos derivados, como contratos por diferença ou CFDs, futuros ou ETFs (fundos negociados em bolsa), para que tenham liquidez suficiente.

As matérias-primas mais líquidas são aquelas que são negociadas com mais frequência:

Petróleo

Grandes empresas de petróleo, públicas e privadas, companhias aéreas, governos etc. participam no mercado de petróleo. Isto significa que o volume de negociação será muito alto e, por isso, haverá muitos compradores e vendedores que irão certamente facilitar a liquidez.

Neste sentido, devemos ter em conta que o petróleo bruto é usado não apenas como combustível, mas também no fabrico de plásticos, fertilizantes e até cosméticos.

Metais

O ouro é o mais líquido de todos, apesar de hoje em dia nenhum país usar este metal precioso como referência monetária.

Os investidores recorrem ao ouro em tempos de instabilidade e incerteza devido à sua estabilidade, esta é a razão pela qual é considerado um ativo de refúgio (safe haven). Por outro lado, o volume de negócios também é mantido pela procura do setor de jóias e de outros setores, como o eletrónico.

Café

É o segundo mercado de commodities com o maior volume de negócios, atrás do petróleo.

Neste mercado, especula-se sobre a evolução dos preços do café, que depende da procura mundial, da produção, do clima nas áreas em que é cultivado e do movimento do dólar.

Ações

Como poderá imaginar, as ações mais líquidas serão aquelas com maior volume de negociação, ou seja, aquelas que podem ser trocadas rapidamente, porque existem muitos vendedores e compradores a negociá-las.

As empresas de grande capitalização listadas nos principais índices globais de ações são as mais líquidas porque negoceiam muitas das suas ações em apenas uma sessão.

Em agosto de 2020, as empresas com maior capitalização de mercado do IBEX35 são a Inditex, a Iberdrola e o Santander.

Que mercados são os menos líquidos?

Os ativos menos líquidos são aqueles que apresentam os maiores problemas quando se trata de vendê-los ou trocá-los por outro ativo de uma forma mais rápida e a um preço mais ou menos estável.

Aqui estão alguns exemplos:

  • Habitação. O preço da habitação depende não só da oferta e da procura, mas também do atual ciclo económico. Desde o momento em que é colocado à venda até ao momento em que alguém a compra, pode levar meses. Saiba como pode investir em imobiliários através da bolsa de valores no nosso artigo.
  • Automóveis. Quando compramos um carro, não podemos esperar fazê-lo como um investimento a longo prazo, como poderia acontecer com a casa, uma vez que a cada ano que passa o seu preço cai quando calculado, levando em consideração a sua idade.
  • Dispositivos eletrónicos (telemóveis, televisão), eletrodomésticos, computadores, etc. Como o carro, estes ativos depreciam ao longo do tempo e com o seu uso.

Investir nos principais instrumentos globais

Milhares de ações e ETFs na ponta dos seus dedos

Outros artigos que podem interessar

Sobre a Admirals

Somos uma corretora com presença global autorizada e regulamentada por reguladores financeiros. Oferecemos acesso às plataformas de trading mais inovadoras e operamos com CFDs, ações, Forex, índices, commodities, criptomoedas bem como fundos negociados em bolsa (ETFs).

Bom Trading!

Admirals

Este material não contém e não deve ser interpretado como contendo conselhos de investimento, recomendações de investimento, uma oferta ou solicitação para qualquer transação em instrumentos financeiros. Observe que esta análise de trading não é um indicador confiável para qualquer desempenho atual ou futuro, pois as circunstâncias podem mudar ao longo do tempo. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, deve procurar aconselhamento de consultores financeiros independentes para assegurar que compreende os riscos.

TOP ARTIGOS
O que significa Pip Forex? Quanto vale 1 Pip no Forex?
Se está interessado em Forex e lê todas as análises e comentários, certamente já se deparou com o termo Pip ou Pips. O que é um pip Forex? O pip em Forex, e no resto dos mercados, é uma unidade padrão que indica a variação do preço de um ativo. Mas como saber quanto vale um pip em Fore...
Qual a melhor corretora para investir em 2024?
Tem procurado corretoras para operar Forex ou CFDs, mas não tem certeza sobre quais são os detalhes que deve procurar? Quer você seja um trader iniciante ou experiente, abordaremos tudo o que vai precisar de saber para escolher a sua melhor corretora Forex. Desde os tipos de contas, os instrumentos...
Como funciona os Lotes no Forex? | Calculadora de Lotes Forex
Talvez um dos conceitos mais importantes do trading que você deve aprender é, saber o que é e quanto equivale um lote Forex.Os “lotes” no trading são um dos elementos básicos na gestão do seu risco, pois é o valor que você investe no mercado. Por isso é necessário gerir e controlar este conceito que...
Ver Tudo